Bombeiros Voluntários de Estarreja apagaram 96 velas

Cerimónias foram contidas devido à pandemia

Deus quer, o homem sonha e a obra nasce. Foi assim há 96 anos quando um grupo de estarrejenses decidiu criar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Estarreja.

A data de 13 de julho de 1924 marca para sempre a vida e a história da comunidade estarrejense.

96 anos depois a celebração teve que ser contida mas continuou carregada de simbolismo. Às 8h00 da manhã do dia de hoje foram hasteadas as bandeiras na frente do quartel e a sirene soou como manda a tradição.

Na cerimónia estiveram presentes os elementos da direção, encabeçada por Marco Braga, bem como os elementos dos órgãos sociais, o Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina e o Vereador da Proteção Civil, João Alegria, o Comandante Distrital da Proteção Civil, António Ribeiro, representantes das empresas de Estarreja, como Manuel Matos da empresa Prozinco, entre pessoas anónimas que vieram prestar a sua homenagem.

No final do hastear das bandeiras houve tempo para cantar os parabéns à Associação e para um pequeno brinde a todos os homens, mulheres, autarquia e empresas que trabalham e ajudam nesta causa nobre.

Marco Braga, Presidente da Direção referiu que “é um grande orgulho ser presidente desta casa, não obstante os anos que já estou como presidente. A motivação é sempre muita e ver que existem jovens a ingressar nos bombeiros alimenta esta motivação. Estes jovens são o futuro desta casa”.

A nível de projetos para a Associação, Marco Braga afirma que a prioridade “é melhorar as condições de trabalho dos nossos bombeiros e nesse sentido temos previsto a aquisição de mais uma viatura no próximo ano, a aquisição de equipamento individual para os nossos bombeiros, que é importantíssimo, e há sempre investimento dentro destas portas”.

Neste dia especial para os Bombeiros Voluntários de Estarreja não foi esquecido o colega que perdeu a vida a lutar contra o incêndio na Serra da Lousã e a nota de pesar foi sentida por todos os presentes.

Joaquim Rebelo, Comandante dos Soldados da Paz estarrejenses, disse ser “uma alegria liderar estes homens e mulheres que nunca viraram a cara à luta nestes tempos difíceis da COVID-19. Relembro que muitos deles passaram 7 dias seguidos dentro do quartel colocando a família em segundo plano tudo isto em prol da comunidade estarrejense.”

Estamos em época especial de incêndios e Joaquim Rebelo garante que os Bombeiros Voluntários de Estarreja estão “prontos a ajudar e a defender a população de Estarreja”.

Diamantino Sabina, Presidente da Câmara Municipal confessa ter “um carinho especial” pelos Soldados da Paz Estarrejenses desde sempre mas especialmente desde que entrou na vida política ativa e liderou a Proteção Civil local. “Não podia deixar de estar presente hoje, que assinalamos o aniversário. Embora as festividades sejam diferentes espero que os Bombeiros Voluntários de Estarreja continuem a ter a garra e a determinação que já lhes conhecemos. Espero também que apesar do verão quente que estamos a viver estes homens não tenham muito trabalho!”

Hoje Estarreja está de parabéns porque a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Estarreja é de toda uma comunidade e nesse sentido todos nós temos de festejar!

 

*** Mensagem do Comandante dos Bombeiros Voluntários de Estarreja Joaquim Rebelo ***

 

“Saúdo a todos com os meus votos de bom dia e agradeço a presença de cada um nesta singela cerimónia.    

Estamos assinalar mais um aniversário da Associação dos Bombeiros Voluntários de Estarreja. 96 anos de muitas lutas, de horas difíceis, de tantas batalhas … mas também de bons momentos de vitórias e de partilha.

Por esta corporação têm passado homens de muita coragem, pessoas que se entregam ao serviço da comunidade, soldados guerreiros que tudo fazem para estar onde são necessários.

É em nome de todos eles que hoje procedemos ao hastear das bandeiras num ato simbólico de comemoração.

Impossibilitados de assinalar a data nos moldes habituais devido aos cuidados a que a pandemia nos obriga e à necessidade de distanciamento, esperamos que para o ano possamos devolver o devido brilho a esta data.

Enfrentamos hoje, não uma, mas duas batalhas que nos obrigam a estar permanentemente alerta: O problema da COVID 19 e os incêndios florestais que infelizmente continuam a fazer vítimas, uma delas ainda muito recente numa corporação não muito distante de nós e com quem estamos solidários.

Digo-vos ainda que é nos momentos difíceis que mais nos aproximamos e orgulho-me da corporação que comando!

Neste período atípico e difícil pudemos contar com o apoio incondicional de todos os que compõem esta família que somos nos Bombeiros Voluntários de Estarreja. A Direção esteve sempre ao nosso lado, prestando todo o apoio que lhe foi possível, a toda a equipa dos transportes não urgentes que têm sido incansáveis, o meu voto de agradecimento.

Manifesto também publicamente o meu orgulho nos operacionais que comando e que desde início disseram “Presente!”

Deixaram família, deixaram o conforto das suas casas para passarem semanas confinadas no quartel de onde só se saía para chamadas de serviço. Venceram o medo que a pandemia instalou, puseram de lado os interesses pessoais e viveram para a proteção da comunidade que servimos.

Continuam cá, com a vontade e a coragem que só aos bravos assiste!

A eles e a todos os que fazem parte da história dos Bombeiros Voluntários de Estarreja, PARABÉNS por mais um aniversário!

Obrigado!”

 

Segunda, 13 de Julho, 2020